Lei Seca

Um espaço para discutir as grandes questões. Editor-chefe: Luiz Augusto

Nome:

Advogado, vive em São Paulo

domingo, setembro 17, 2006

Brasil e Suécia

Tive orgulho de ver na Folha o destaque dado a um antigo colega de colegial lá em Santos, José Maurício Prado Júnior, que conhecíamos como Zé Maurício. Sobre o Zé disse a Folha, em reportagem sobre o estado de bem-estar sueco (Suecos usam licença médica para tomar sol na Espanha, 17/09/2006):

"Doutorando brasileiro, ele mora na Suécia há cinco anos e continua a se surpreender com os privilégios do sistema local. A licença-paternidade pode durar até um ano e meio, dividido entre pai e mãe, e o governo paga 80% do salário.A licença-saúde é extensa. "Trabalhadores iam ao médico, diziam que estavam deprimidos e ficavam três meses sem trabalhar. Muitos ficavam um ano fora do serviço", conta.

Lá, pelo que sei, a carga tributária é de quase 50% do PIB.

Aqui é de quase 38% do PIB. Pois é, aqui já é quase a Suécia. Só falta combinar com os suecos.

Mas, do jeito que as coisas aqui andam, já vai ter gente querendo três anos de licença-paternidade. E sem ter filhos.

Aliás, parabéns Zé. Muito sucesso!

1 Comments:

Anonymous Ze Mauricio said...

Bacana o seu blog e muito obrigado pelo post sobre a reportagem da Folha. Eu mesmo preciso tomar vergonha na cara e falar sobre o artigo no meu proprio blog (http://macroeconomist.blogspot.com/).
Para mim, esta claro que o Brasil precisa melhorar instituicoes e a qualidade do governo. Definitivamente o problema eh que o governo brasileiro gasta mal.
Sobre a Suecia, a oposicao (a alianca de centro-direita) ganhou e eles estao prometendo um fine-tuning no welfare state para geral mais empregos. Vamos ver daqui a 4 anos se eles conseguem se manter ou se os sociais-democratas voltam. Independentemente das politicas, acho que a vitoria da alianca foi importante em si pela troca de poder, que faz a democracia.

Grande abraco!

18/9/06 12:53  

Postar um comentário

<< Home